O QUE É A INDÚSTRIA 4.0?

Você já ouviu falar sobre a quarta revolução industrial? Sabe o que é a Indústria 4.0? Esse termo refere-se à transformação que estamos vivenciando agora com a digitalização dos negócios e a implementação de novas tecnologias para tornar as empresas mais enxutas, produtivas, inovadoras e eficientes.

https://youtu.be/rbzuhS9Ltjo

A primeira revolução industrial foi marcada pela mecanização, por meio de água e vapor. Por sua vez, a segunda foi a era das linhas de produção e montagem em massa, utilizando a eletricidade. Já a terceira foi caracterizada pela adoção de computadores e automação nas empresas.

Agora, na quarta revolução industrial, estamos no momento de aprimorar algumas das metodologias e tecnologias da terceira onda industrial, adicionando sistemas autônomos alimentados por dados e aprendizado de máquina, entre outras coisas.

Assim, a Indústria 4.0 proporciona uma combinação de sistemas ciber-físicos, Internet das Coisas (IoT), realidade virtual e aumentada, entre outras inovações para resultar na chamada fábrica inteligente, caracterizada por maior eficiência, redução ou eliminação de desperdícios, maior produtividade e conectividade entre homens, sistemas e máquinas.

Tudo isso ajudará cada vez mais os negócios a agirem preditivamente, a terem processos de tomadas de decisões mais ágeis e assertivos, a anteciparem falhas e ameaças, a extraírem inteligência e oportunidades a partir da análise de grandes volumes de dados, a terem operações mais seguras e enxutas, entre outros benefícios.

As principais inovações da Indústria 4.0
Pode parecer coisa de ficção científica, mas não é! Na verdade, em países como Japão e Alemanha, nos quais o conceito de o que é a Indústria 4.0 e suas potencialidades estão mais maduros, a adoção dessas tecnologias já é algo bastante comum.

Nesta quarta revolução, estamos diante de uma gama de novas tecnologias que combinam os mundos físico, digital e biológico. Essas tecnologias têm um grande potencial para melhorar drasticamente a eficiência dos negócios e ajudar a regenerar o ambiente natural por meio de uma melhor gestão de ativos, revertendo danos que as revoluções industriais anteriores causaram.

As principais tecnologias que fazem parte dessa quarta revolução industrial.

Internet das coisas (IoT)

Em linhas gerais, a internet das coisas refere-se à conexão da internet com objetos físicos, máquinas e até ambientes com dispositivos eletrônicos. Essa conexão possibilita que se assuma remotamente o controle desses equipamentos.

Por meio de sua conectividade automatizada, a coleta e o armazenamento de dados não precisam envolver atividades humanas. Isso possibilita níveis altos e sofisticados de consolidação de dados. Por isso, a IoT já é bastante utilizada no varejo e na indústria.

Leia mais: Como a tecnologia pode melhorar as suas vendas

Inteligência artificial

Trata-se de uma área da computação que objetiva simular a capacidade humana de raciocinar, de tomar decisões e até de resolver problemas. Assim, por meio dela, sistemas e robôs poderão realizar uma série de atividades analíticas mais complexas para gerar inteligência para os negócios e a automação de diversos processos.

O supercomputador Watson, da IBM, é um exemplo de inteligência artificial. E entre as aplicações mais usuais atualmente estão os chatbots, os assistentes virtuais e a utilização de inteligência artificial para predições.

Leia mais: Evolução digital: como é esse serviço?

Realidade virtual e aumentada

Ambas têm uma característica em comum: elas são utilizadas para, em alguma medida, alterar nossa percepção do mundo.

A realidade virtual é capaz de nos “transportar” para outro lugar, via utilização de acessórios como viseiras, capacetes e óculos especiais. Já a realidade aumentada, como a denominação sugere, acrescenta algo à nossa realidade, “aumentando” nossa percepção sobre ela.

Assim, ela não nos “move” para outro lugar como a realidade virtual, mas “aumenta” nossa percepção de realidade, acrescentando novos elementos a ela. O Google, por exemplo, permite que você pesquisa por alguns animais e os visualize em 3D por meio de realidade aumentada.

Tais tecnologias já estão sendo utilizadas no atendimento ao cliente para proporcionar experiências mais imersivas, engajadoras e memoráveis.

Biologia sintética

Representa novos desenvolvimentos tecnológicos em disciplinas como química, biologia, ciência da computação e engenharia, que possibilitam a projeção e a construção de novos segmentos biológicos – incluindo enzimas, células, circuitos genéticos e outros.

Leia mais: Como impulsionar o seu negócio digital

Assim, a extração de determinados recursos naturais poderá ser substituída por uma solução sintética, evitando danos ao meio ambiente. Hoje, a biologia sintética já está sendo aplicada na produção de novos materiais biodegradáveis, na indústria farmacêutica, na agropecuária, entre outras.

Sistemas ciber-físicos

Na hora de compreender o que é a Indústria 4.0, conhecer os sistemas ciber-físicos é algo central. Esses sistemas representam a fusão entre o mundo físico e o digital, integrando computação, redes e processos físicos, comumente via sensores.

Nas indústrias, eles já estão sendo utilizados para automonitoramento e controle dos processos de manufatura.

Na área da saúde, para o monitoramento remoto e em tempo real de pacientes.

Já no mercado imobiliário, para desenvolvimento de prédios inteligentes, para reduzir consumo de energia elétrica, sofisticar a segurança e trazer mais praticidade para o dia a dia dos moradores.

E então, ficou mais claro para você o que é a indústria 4.0 e suas principais inovações tecnológicas? Tudo isso, como você pode imaginar, representa grandes oportunidades para empreendedores inovarem e conquistarem mercado.

Se você quer fazer parte disso, conte com a InCuca. Temos a expertise necessária para desenvolver projetos da Indústria 4.0 para ajudar o seu negócio a estar na vanguarda e utilizar as novas tecnologias para se destacar no mercado.

Quer um diagnóstico gratuito do seu negócio para descobrir como acrescentar tecnologias da Indústria 4.0 e alavancar sua competitividade? Fale conosco no WhatsApp ou solicite uma conversa por aqui.